Sonho Meu

Março 02 2005
Ás vezes a distância
impõe demasiada saudade,
O tempo jamais pára!
Mesmo que eu não esteja contigo,
Contigo a meu lado,
Eu te amo!
Contigo distante de mim!
Eu te amo!
Correrei contra a distância,
Competirei com o tempo,
Ultrapassarei o vento,
E ganharei ao pensamento,
Mesmo que eu não te veja,
Eu consigo te sentir e ouvir,
tão longe e ao mesmo tempo,
tão perto de ti...
Por vezes escuto a tua voz,
Mas não te vejo,
Na maioria das vezes,
Escuto te pelo ouvido,
Vejo-te em pensamento,
E sinto-te pelo coração
Sei que o tempo passa,
Devagar quando estás longe …
Rápido quando contigo estou!
E ao passar do tempo
Sempre te encontro!
No entanto,
Se o tempo parasse,
Eu escolheria o momento,
Em que ao teu lado
Eu pudesse estar...
Quero que consigas,
Ler este poema,
No intimo dos meus olhos!
No mel dos meus lábios,
E na sinceridade do meu pensamento,
Que estando perto de ti,
Se esquecem de tudo,
Menos te AMAR, para sempre!

publicado por Bruno Rodrigues às 20:32

" O diário de uma Vida! "
mais sobre mim
Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO