Sonho Meu

Novembro 18 2004



Partiu para longe!
Deixando-me só,
Um amigo perdi!
Que jamais esqueci!

Amigos nós éramos!
Apesar da diferença de idades!
Por tu deixe-me trata-lo,
Pois jamais de ti me esquecerei!

Disseste me que eu seria!
Seria um grande Homem!
Jamais tu falhas - te!
Em previsões ou conselhos que me deste!

Não soube quando partiste,
Soube sim que viveste!
Soube também que amigos fomos!
E sei que de mim sempre te orgulhas!

Por vezes, fico pensativo!
Por vezes quero telefonar-te!
Para me dares força,
Falando contigo!

Se hoje sou o que eu sou,
A muitos eu devo!
A ti principalmente

O meu mundo frio tu deixaste!
De repente me abandonaste!
Deixando me sozinho e triste,

Meu eterno Amigo!
publicado por Bruno Rodrigues às 22:00

Novembro 18 2004



És a Lua,
Eu sou o Sol,
Tu dás-me magia!
Eu dou-te alegria!

És a noite,
Eu sou o dia,
Transmites-me encanto!
Eu o teu caminho te ilumino!

És o pranto,
Eu sou o alento,
Em mim por ele choraste!
Para ti força eu te dava!

Foste o meu sonho,
Foste a minha realidade,
Sonho bonito e sincero!
Realidade triste e crua!

Quando era verde,
Eu dizia preto,
Tu dizias branco,
Era a nossa tela colorida do contraditório!

Tu foste a terra,
Eu fui o mar,
Que poluíste o meu coração!
E eu desenvolvo e bravo por ti me tornei!

Fomos como duas linhas paralelas,
Uma por cima, Outra por baixo!
Que no nosso longo caminho,
Nunca nos haveríamos de encontrar!

Foste sempre “TU”
Fui sempre “EU”
Logo jamais seremos “NÓS”
publicado por Bruno Rodrigues às 21:46

Novembro 16 2004



Amo-te, pelo que és!
Amo-te, pelas tuas virtudes!
Amo-te, pelas tuas acções!
Amo-te, pelos teus defeitos!
Amo-te, pela tua vida!
Amo-te, pelas tuas convicções!
Amo-te, por aquilo que sou quando estou contigo!
Amo-te, por aquilo que me tornaste!
Amo-te, para viver!
Amo-te, todo o ano!
Amo-te, todos os dias!
Amo-te, todo o tempo!
Amo-te, para sempre!
Amo-te, porque te AMO!



Pois é, a palavra AMO-TE, significa muito! Torna se bonita e expressiva para quem a ouve, mas torna-se glorificadora para quem a diz para quem a diz.
Em qual quer pais, em qualquer religião, em qualquer língua, todos a devem dizer!
Aprendam a dizer AMO-TE! NÃO TENHAM VERGONHA DE DIZER AMO - TE!


Africano - Ek het jou liefe
Albânio - Te dua
Alemão - Ich liebe dich
Árabe - Ana Behibak (para um homem)
Árabe - Ana Behibek (para uma mulher) Boliviano - Qanta munani
Búlgaro - Obicham te
Checo - Miluji te
Tangsinul sarang ha yo
Croata - Ljubim te
Chinês - Ngo oi ney
Coreano - Tangsinul sarang ha yo
Dinamarquês - Jeg elsker dig
Eslovaco - Lubim ta
Esloveno - Ljubim te
Espanhol - Te amo
Finlandês - Mina rakastan sinua
Francês - Je t'aime
Grego - S'ayapo
Hebreu - Ani ohev otach (para uma mulher)
Hebreu - Ani ohevet otcha (para um homem)
Holandês - Ik hou van jou
Húngaro - Szeretlek
Indonésio - Saya cinta padamu
Inglês - I love you
Iraniano - Mahn doostaht doh-rahm
Irlandês - Taim i' ngra leat
Islandês - Eg elska thig
Italiano - Ti amo
Japonês - Kimi o ai shiter
Latim - Vos am
Norueguês - Eg elskar deg
Polaco - Kocham cie
Português Eu te amo
Queniano - Tye-mela'ne
Romano - Te iu besc
Russo - Ya tebya liubli
Turco - Seni seviyorum
Ucraniano - Ja tebe kokhaju

AMAR É AMAR! SEJAM SINCEROS QUANDO DISSEREM "AMO-TE" A ALGUÉM!
publicado por Bruno Rodrigues às 22:47

Novembro 16 2004



Tenho guardada na memória e no coração
Cada conversa trocada,
Cada sorriso feliz que sorrimos,
Cada tristeza partilhada,
Cada mensagem enviada,
Cada lágrima de alegria chorada,
E cada conversa que tivemos
Dentro da amizade, cumplicidade e afinidades tão grandes,
Seria uma emoção de invadir o coração...
Saber que tu guardas sempre na tua memória
Que junto de ti gosto de estar!
Que eu contigo gosto de falar!
Que eu contigo gosto de partilhar!
Pois não há distância que nos afaste,
Mesmo tu hoje consigas ou não ver que para mim és especial...
Eu te digo...
Tu para mim és muito especial...
publicado por Bruno Rodrigues às 01:10

Novembro 13 2004


Um dia li que, fumar fazia mal, Deixei de fumar!
Um dia li que, beber alcool fazia mal, Deixei de o beber!
Um dia li que, comer gorduras fazia mal, Deixei de as comer!
Um dia li que, gastar dinheiro fazia mal, Deixei de o gastar!
Um dia li que, jogar computador fazia mal, Deixei de o jogar!
Um dia li que, jogar ao bingo fazia mal, Deixei de o jogar!
Um dia li que, fazer política fazia mal, Deixei de debater as minhas ideias!
Um dia li que, ver futebol fazia mal, Deixei de o ver!
Um dia li que, trabalhar fazia mal, Deixei de trabalhar!
Um dia li que, o divertimento fazia mal, deixei de me divertir!
Um dia li que, estudar fazia mal, Deixei de estudar!
Um dia li que, o sexo fazia mal, deixei de o fazer!
Um dia li que, odiar-te fazia mal, passei a Amar-te!
Um dia li que, te amar-te fazia mal, Por isso deixei de ler!
publicado por Bruno Rodrigues às 14:41

Novembro 12 2004


Naquela tarde,
Cinzenta e escura,
Fria e triste,
Chegaste tu!

Chegas sem avisar,
Nem a porta bates,
Nem licença pedes para entrar!
Entras e realizas a tua fantasia!

Para uns tornas te alívio,
Para outros apenas és dor!
Outros de ti apenas medo têm,
E ainda outros para ti correm!

Levas o jovem e a senhora
Levas o idoso e o quarentão!
Reduzes as nossas famílias!
Aumentando a nossa dor!

Ó tu que esvazias os lares,
Tu que aumentas o nosso desgosto
Surges a toda a gente sem excepção!
Tu que te chamas morte!

Os meus leitores que não pensem nada de mal acerca da minha pessoa este poema já tem uns anos e escrevi o quando estava mal na vida! Hoje estou assim :)
publicado por Bruno Rodrigues às 22:01

Novembro 12 2004
Vem a tia, e a história mudou!
Vem o amigo e a história ouve,
Vem o primo e logo soube!

Ela disse que o beijou,
Ele disse que nem a olhou!
Mas a prima disse que o amor já acabou!

Todos parecem saber,
Todos parecem dizer,
Que mentir lhes dá prazer!

Quer esteja sol, quer esteja a chover!
A história anda sempre moer,
Lá nas festas de São João do Ver
publicado por Bruno Rodrigues às 19:36

Novembro 11 2004
Não ligues quando alguém te olhar de cima a baixo! E depois de baixo a cima! Pois o maior o elogio para uma pessoa fantástica, é a risada de um invejoso!
publicado por Bruno Rodrigues às 01:23

Novembro 11 2004



Neste mundo perdido,
Tudo vale,
Prefiro não ser escolhido,
Neste mundo cheio de mal!

Males? Não
É medíocre! Este mundo perdido!
Onde o homem quer mais que um pão,
Em vez de ajudar o seu irmão!

Diferente? Sim posso ser!
Mas igual a vós!
Com o sentido de poder ser

Um dia, tu
Compreenderás o prazer da solidão
Quando que livrares dessa capa de podridão!

publicado por Bruno Rodrigues às 00:42

Novembro 09 2004


Quem sou?
Serei eu?
Serás tu?
Seremos nós?
Neste momento não sei!
Já soube!
Já tive quem mo dissesse!
Tenho de parar!
Tenho de olhar!
Sim!Olhar para mim!
Olhar para ti!
Olhar para nós!
Tenho de gostar de ti!
Eu sem ti nada sou!
Sim! Gosto de ti!
Amo te com todas as minhas forças!
És a luz do meu caminho!
És tu que me guias nessas trevas!
És tu que me dizes o que fazer!
Tu és a minha personalidade!
O meu verdadeiro EU!
publicado por Bruno Rodrigues às 02:39

" O diário de uma Vida! "
mais sobre mim
Novembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

14
15
17
19

21
22
23
24
25
26

28


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO